Playlist: Minhas músicas cristãs favoritas




Poxa, quanto tempo não faço uma playlist musical por aqui, não é não? Meu momento de vida tem me deixado bem mais repetitiva nas músicas. Tenho ouvido muita coisa nova, mas sempre as mesmas músicas, o mesmo replay de horas e dias! Se você é ou já foi assim vai me entender. Separei 5 músicas que estão no meu ouvido e no meu coração há um tempão! Espero que gostem e ouçam muito!

1- Itagon, Estado da graça 

Conheci essa banda maravilinda por indicação da Roberta Vicente e desde lá me apaixonei pelas canções! Estado da graça se tornou aquele hino incrível pra mim; depois que entendi a letra e sua profundidade, só pude dizer um "ual" e recomendar pra todo mundo! 



2- CantoVerbo, Livro preto 

Essa banda me conquistou pelas canções com letras tão incríveis e tanta sinceridade. Sério, foi um achado daqueles que fez meu coração amar e meus ouvidos a experimentarem o replay a semana inteira!



3- United Pursuit, Not in a hurry

United pursuit foi uma grande descoberta musical em 2017. Eu gosto da simplicidade com que eles adoram, além da sonoridade, que é incrível. Vale a pena tirar um minutinhos e ouvir essa canção!



4- Bethel Music, Jesus We love you

Quem nunca ouviu falar do pessoal da Bethel. não é mesmo? As músicas são lindas, profundas, em especial essa que separei, pois estou ouvindo sem parar!



5- Projeto Sola, Confissões

Não tem nem o que dizer sobre o duo do projeto Sola, né? Em comemoração aos 500 anos da Reforma, eles lançaram recentemente um álbum incrível, cheio de letras bíblicas e com aquele estilo e melodias que a gente já ama!


_______________________________________________

E aí, gostou  da seleção de músicas? Já conhecia alguma das músicas que foram mencionadas no post? Não esqueça de contar aqui nos comentários!




4 razões pelas quais a modéstia empodera mulheres e a nudez não




Foto: AQUI

Após posar seminua para uma sessão de fotos, Emma Watson (a estrela do filme A Bela e a Fera) não consegue entender porque as pessoas estão a chamando de hipócrita. 

Sendo alguém que se auto proclama feminista, muitos viram a sessão de fotos de Emma um tanto quanto contraditória. Muitos se perguntaram como uma mulher pode pedir por igualdade e respeito enquanto, ao mesmo tempo, se torna parte da objetificação de mulheres. 

Em resposta às críticas que Emma Watson recebeu por posar seminua, Gloria Steinem (a famosa feminista liberal) saiu em sua defesa. Gloria contou à mídia, sem nenhuma vergonha, "Feministas podem usar qualquer *** que eles quiserem. Elas deveriam poder andar na rua nuas e ainda sim seguras". 

E aqui está, a ilógica do feminismo

Mulheres exigem respeito. Mulheres exigem dignidade. No entanto,  posam seminuas pras câmeras e ainda se surpreendem porque estão sendo objetificadas. 

Lamentavelmente, por mais óbvio que essa contradição possa parecer a alguns, isso é ignorado pela nossa cultura com um "não importa". Feminismo continua prometendo às mulheres despir-se vai, de alguma forma, empoderá-las. Feminismo promete que a libertação sexual, de alguma forma vai trazer o respeito que tanto desejamos. Como mulheres, somos orientadas a achar que despir-se é empoderador para o nosso gênero. 

Infelizmente, os resultados têm provado ser qualquer coisa, menos empoderamento

Um estudo chamado The Paradox of declining female happiness (o paradoxo do declínio da felicidade feminina) afirmou que "as mulheres estão menos felizes hoje em dia, apesar de 40 anos de feminismo. Ao invés de ter mais oportunidades que antes, elas tem o senso menor de bem estar e satisfação de vida". 

Ao invés de pular no barco da nossa cultura, que apela para o despir, estou propondo um novo método para empoderar mulheres: Modéstia.

4 razões porque a modéstia empodera mulheres e a nudez não. 

1. Modéstia dá valor ao corpo da mulher (nudez não)

Mulheres foram criadas por Deus para serem fisicamente bonitas. Para ter curvas suaves e uma figura encantadora. No entanto, Ele não planejou as partes íntimas deste lindo corpo para serem consumidas por qualquer um (Pv 5:18-19). Quando nós, como mulheres, descobrimos e revelamos a intimidade das partes do nosso corpo, nós barateamos o que Deus fez de mais valioso.

Um grande diamante é considerado precioso e valioso porque é raro e incomum. Modéstia é a mesma coisa. Ao manter coberta nossas partes íntimas, nós afirmamos corajosamente que nossos corpos são preciosos, valiosos, e não estão disponíveis para consumo comum.

2. Modéstia promove dignidade feminina (nudez faz da mulher um objeto)

Nudez e imodéstia têm gerado efeitos completamente contrários nas mulheres. Ao invés de ganharmos mais repeito aos olhos dos homens, temos nos tornado objetos de consumo para os homens. Ao nos despir, nós treinamos homens modernos a nos olharem como nada mais do que doces aos olhos. Temos jogado nossa dignidade para debaixo do tapete na falsa promessa de nos tornarmos mais empoderadas.

Colocar nossas roupas de volta é o primeiro passo para recuperar o terreno. Ações falam mais alto que palavras. Ao se vestir modestamente, proclamamos silenciosamente que não somos objetos compráveis. Somos mulheres dignas que valorizam nossos corpos, e esperamos o mesmo dos outros.

Como Jessica Rey atestou, "modéstia não é sobre nos escondermos, é sobre revelar nossa dignidade". 


3. Modéstia demanda respeito (nudez faz o oposto)

Mulheres desejam respeito assim como os homens. Infelizmente, nada tem destruído mais o respeito das mulheres do que a indústria pornográfica. Eu procurei sinônimos para respeito e encontrei palavras como estima, alta opinião, consideração, admiração, reverência e honra. Pornografia não encoraja nada disso às mulheres. Por que? Porque pornografia/nudez transformam mulheres em objetos e objetos são descartáveis e substituíveis.

Mulheres que se vestem com modéstia e decência naturalmente exigem mais respeito. Quando nós respeitamos nosso próprio corpo, nós encorajamos o respeito, honra e admiração daqueles que estão ao nosso redor.

4. Modéstia chama atenção para a face (nudez se satisfaz no corpo)

Não é incomum sair nos espaços públicos e ver algum homem jogando aquele olhar em uma garota. Quando nós, quando mulheres, nos despimos e revelamos partes de intimidade de nosso corpo, não deveríamos ficar surpresas em ver estranhos tendo prazer no nosso corpo. Ao se vestir imodestamente, convidamos todo mundo, incluindo qualquer sem vergonha de se aproveitar do que não é dele.

A atenção que recebemos (boa ou má) é baseada na nossa atração física, não em quem nós somos como pessoas. Ao nos vestimos modestamente, colocamos todos os homens de má índole no seu lugar. Nós enviamos a mensagem de que nossa face é onde o foco deveria estar. Nós encorajamos pessoas a nos conhecer, não conhecer as nossas curvas.

Nudez destrói a dignidade. Modéstia promove respeito.


Ah, e antes que eu me esqueça, modéstia não significa que a mulher está com vergonha do seu corpo  ... Significa que ela valoriza aquilo que Deus já deu valor.

________________________________________________________________


Este post foi escrito por Kristen Clark, do site Girldefined.com. Retirado e traduzido com permissão. Para ler na íntegra, clique AQUI.





Cristã, graduada em Letras, apaixonada por livros, viagens e muita música! Uma nota musical tentando fazer a diferença na imensa partitura da vida.
https://www.youtube.com/channel/UClS0ZtlU37t-VvVciQH0GQQ

já curtiu?

Postagens populares

youtube