Resenha: Super ocupado




E depois de um tempão, temos uma nova resenha! O motivo da demora para ler este livro pequeno: Estar super ocupada. Querendo ou não, vivemos em um mundo onde ser ocupado demais virou até normal. O ser ocupado passou a ser tão normal que ficar um tempo sem "fazer nada", ou apenas descansar me parece estranho e desconfortável. Em resumo: Odiamos estar ocupados demais, mas não conseguimos largar nossas ocupações (que se tornaram tão parte da gente que não sabemos mais como viver sem elas). Se você também é assim, tem que ler este livro! 

O livro aborda o problema da ocupação de uma forma muito direta, com o objetivo único de nos fazer rever muitas coisas em nós mesmos. Sendo assim, ele tem um tom muito mais reflexivo do que muitos outros que abordam o assunto. Se você procura um desses livros de 5 passinhos mágicos para deixar de ser super ocupado, não vai encontrar isso neste livro de Kevin DeYoung.

Em resumo, Kevin DeYoung aborda três perigos de sermos ocupados demais: Isso pode estragar nossa alegria, roubar nosso coração e encobrir a podridão da nossa alma. O autor ainda fala do orgulho, como o maior problema do ser humano, por trás de toda a nossa ocupação desenfreada. Além disso, o autor divide este problemão em 10 tópicos, diagnósticos para uma super ocupação, como o problema da tela, por exemplo e como o mundo digital tem matado o nosso tempo, de todas as formas.

"A ocupação desenfreada é como o pecado: Mate-o ou ele vai matar você." DeYoung, pg. 30
"Ocupado demais não significa que você seja um cristão fiel ou frutífero. Só quer dizer que você está ocupado, como todo mundo. E como todo mundo, a sua alegria, o seu coração, a sua alma estão em perigo. Precisamos de sabedoria bíblica para nos endireitar. O que realmente necessitamos é que o grande médico cure nossas almas exageradamente agendadas." DeYoung, pg. 35
Por fim, o autor dá um ultimato para o verdadeiro problema de sermos super ocupados: Nos ocupamos com as coisas erradas. Espera!? O autor passa o livro todo falando de super ocupação, para terminar o livro assim? Sim, e pode acreditar, é um balde pra todos nós, mas um dos mais sábios baldes de água fria que eu recebi! Isso porque o autor fala uma verdade que muitos de nós já até conhecemos, mas nos esquecemos constantemente: Não tem problema algum sermos ocupados, pelo contrário, o ser humano foi criado para se ocupar com as coisas da vida. O problema é quando abrimos mão de coisas que realmente importam, como a família, Deus, em nome se uma ocupação desenfreada. 

O exemplo que ele usa é o de Marta e Maria. Enquanto Marta cuidava da casa e preparava coisas para Jesus, Maria estava lá, sentada aos pés dele, ouvindo o que Ele tinha a dizer. Marta estava ocupada, assim como muitos de nós, mas Maria estava se ocupando com algo que naquele momento era muito melhor: Estar aos pés do Salvador. Naquele momento, Maria trocou o bom (ocupar-se com os afazeres de casa, que são importantes) pelo melhor, a única coisa que era realmente necessária, naquele momento:

"Se alguém gravasse a sua vida por uma semana para então mostrar a gravação a estranhos, o que eles concluiriam ser a 'boa parte' em sua vida? O que concluiriam ser a única coisa que você tem que fazer todo o dia? Dobrar as roupas secas? Limpar a casa? Verificar todos os e-mails? Postar no Facebook? Aparar a grama? Assistir ao jogo? Sei que tem muitas coisas a fazer. Eu também tenho muitas coisas que tenho que fazer. Porém, dentre todas as questões da vida, será que podemos dizer e mostrar com honestidade que ficar aos pés de Jesus é a única coisa necessária?" DeYoung, pg. 134.

Nada de soluções mágicas para o nosso coração ansioso. A única coisa que deve nos transformar e nos tirar deste ciclo de ocupações é Jesus, quando entendemos que estar com Ele é a melhor coisa:

"Temos de crer que a oportunidade mais significativa que está diante de todos nós é a oportunidade de sentarmos aos pés de Jesus. Não reorganizaremos as nossas prioridades até que realmente creiamos que sentarmos aos pés de Jesus é a melhor parte de todas." DeYoung pg. 137

Kevin DeYoung aborda o tema tão grande e problemático, de uma forma bem suave, agradável e acessível, a começar pela capa incrível, que desperta a gente logo no olhar. O livro nos leva a pensar mais nas coisas que realmente importam! Super recomendo! 

ISBN: 978-858-132-193-6 
Editora: Fiel 
Ano: 2013
Páginas: 141
Compre: AQUI
Avaliação: 5/5 








6 comentários:

  1. Respostas
    1. Adquira mesmo, flor! O livro é incrível!
      :D

      Excluir
  2. AAAAAH, VOCÊ SÓ INDICA LIVRO BOM D:
    Você encontra livro da Fiel em livraria ou pede pelo site?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, flor! Que ótimo que você gostou :D
      Então, no site tem pra comprar sim (coloquei o link no post), mas geralmente compro em livraria física ou online mesmo. Esse eu comprei na livraria Erdos. É super boa :D

      Excluir
    2. Obrigada pela dica! Bom saber que tem como achar em loja física, não sei lidar com a espera do frete. Hahahahaha

      Excluir
  3. Acho que ninguém consegue, Mari! A espera do livro é cuel, haha. Mas você com certeza acha ele em loja física, livraria evangélica sim ;)

    ResponderExcluir


Cristã, graduada em Letras, apaixonada por livros, viagens e muita música! Uma nota musical tentando fazer a diferença na imensa partitura da vida.
https://www.youtube.com/channel/UClS0ZtlU37t-VvVciQH0GQQ

já curtiu?

Postagens populares

Projetos

 photo Banner_zps9isnpcan.png

youtube

Snapchat

 photo snapssss1_zpscavat0v8.png