O dia em que fui plagiada (e como tentar evitar)



Foto: via

Eu pensava que nunca teria que fazer um post sobre isso no blog, até porque nosso blog não tem tantos conteúdos assim e por mais que tenha, ele é um blog cristão (e eu achava que blogs cristãos não fariam isso), mas, como a gente nunca sabe com quem lidamos, tudo pode acontecer. 

Isso já vem ocorrendo com certa frequência e tentei evitar ao máximo falar disso aqui, mas bastante gente veio perguntar pra mim sobre o blog e que estavam se sentido confusas porque ao pesquisar sobre o blog lá no Facebook, elas se deparavam com 2 páginas iguaizinhas. No início eu não dei bola, mas a quantidade de gente perguntando foi aumentando consideravelmente e claro, fui ficando um pouquinho preocupada. Quando fui ver, não era só no Facebook que isso havia ocorrido, mas na nossa querida ~interweb~ também. Socorro, fui plagiada, e agora? 

Nunca liguei muito para os meus textos divulgados por aí. Você pode colocá-los onde quiser, desde que sejam creditados. Isso não é feio, pelo contrário, vai trazer mais credibilidade pro seu blog e vai ajudar a blogosfera amiga também, indicando outros blogs legais para a galera. Você também pode se utilizar do meu texto e se inspirar para fazer o seu. Eu disse se inspirar, isso se chama paráfrase, que por sinal é um recurso muito utilizado por aí, inclusive nas universidades. 

A gente sabe que conteúdo na internet é cíclico e que praticamente temos muitas coisas escritas sobre a mesma coisa, porém de formas diferentes. Isso é paráfrase. Vai falar sobre um assunto já falado em outro blog? Pode pegar textos para usar como base para compor suas ideias, mas nunca copie, letra por letra, parágrafo por parágrafo, citação por citação, senão você vai ter que creditar no final. 

O mais chato é quando, além dos textos que você se empenhou para escrever, as pessoas fazem uso indevido de todo o seu conteúdo, que foi o que ocorreu comigo. No início do ano, eu paguei um valor considerável para deixar o blog com uma identidade visual melhor. Paguei por um layout profissional e ganhei a ilustração que se tornou a marca da nossa colmeia. Ver tudo isso sendo copiado não foi nada legal :( 

Okay, Debbie. Você falou tudo isso, mas como é que a gente consegue proteger nosso conteúdo? Bem, primeiro é procurar se seu conteúdo está mesmo sendo reproduzido indevidamente. Você pode usar o Copyscape e procurar por lá. Pronto! Achei o blog plagiador, e agora? É bem simples. Primeiro, tente da forma educada e amigável conversar com a pessoa, para que ela retire o conteúdo ou então credite. Pode ser que muitos tenham copiado na "inocência", achando que com isso eles estariam divulgando mais ou te deixando mais conhecida, ma isso é um erro e precisa ser avisado. Caso nada se resolva, seja honesto, cristão e denuncie, amigs.

Lembrem-se sempre, abelhinhas:

Creditar coisas como se fossem suas, além de crime previsto na lei 9.610 é ser desonesto, além de mentir sobre algo que não é seu. E eu nem preciso dizer quem é o pai da mentira, né?
Utilizar como inspiração sim, copiar linha por linha, não!
Deixe a blogosfera mais feliz! Credite sempre os posts que forem utilizados e abençoe aquele que tanto se empenhou para escrever algo. Além das pessoas confiarem em você e no seu blog, você dará a chance dos seus leitores conhecerem outros tantos blogs bons também! Faça da blogosfera um lugar amigo e não egoísta. 

♡ Por aqui, nós sempre creditamos os posts, traduções e fotos que utilizamos. Caso tenham algum conteúdo aqui que seja seu e não está creditado, por favor, entre em contato com a gente! Ah, e não se esqueçam (para quem me perguntou): O Facebook do Pólen por pólen é este AQUI. Outros que podem haver não são meus :)

Quer saber mais sobre plágio e como se proteger? Tem post lindão da Lominha, do Sernaiotto, tem também do Papo de garota cristã e do Garotas fãs de Cristo. Super confio nos conteúdos, então pode ir lá conferir!




4 comentários:

  1. Nossa que chato isso né? Sempre que eu acho uma informação na internet e quero muito copiar para o blog, eu pergunto antes para o dono do blog se eu posso. E quando eu coloco, posto junto a fonte com o link para o blog. Acho muito feio o plágio. Parece coisa de gente preguiçosa e sem inspiração. Affs! Espero que quem faz esse tipo de coisa, reveja seus conceitos e pare com essa atitude.
    Beijos Debbie

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tá super certa, San! Infelizmente, tem gente que não tem agido com sinceridade no coração e tem plagiado tudo.

      Obrigada pelo comentário, flor!
      Beijinhos!

      Excluir
  2. Debizinha, parece que estou lendo o que aconteceu comigo! Muito bom esse seu post e a gente uma hora ou outra se incomoda mesmo!
    PS: amo seu header! milbiejos:*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Rah! Uma hora a gente não aguenta e fala, hehe. É muito triste mesmo :(
      Awn, meu header foi a Lanillu quem fez! Super recomendo ;)

      Beijinhos, flor! Obrigada pela visitinha !

      Excluir


Cristã, graduada em Letras, apaixonada por livros, viagens e muita música! Uma nota musical tentando fazer a diferença na imensa partitura da vida.
https://www.youtube.com/channel/UClS0ZtlU37t-VvVciQH0GQQ

já curtiu?

Postagens populares

Projetos

 photo Banner_zps9isnpcan.png

youtube

Snapchat

 photo snapssss1_zpscavat0v8.png